Todos.

Não seja mais um deles, salve-se!

“… A vida é um show, e por trás de um ator ou uma atriz que falha há sempre uma pessoa machucada nos bastidores…”

[O vendedor de sonhos e a revolução dos anônimos – Augusto Cury]

Num sarcasmo consumista, num crítico ácido e alguém sem sonhos, sem vontades.
Seguiremos um protótipo perfeito robotizado de sentimentos, mas estéril de felicidade; cairemos assim naquela monotonia parasitária que vira noticiário de revista como epidemia social.
E ficará a pergunta no ar: “Onde foi o erro global?”, talvez seja se tornar “global”, normal e comum, como uma foto em preto e branco, bem démodé.
Sonhos se extinguirão, diferenças se espatifaram quem julga não ter forças mais de lutar pelos teus problemas, alegrem-se a solução está bem aí se espalhando epidemicamente, viroticamente; vírus que aguça a falta de sede de viver.
Seus sintomas são: falta de vontade de sonhar, criar, arquitetar planos; falta de vontade de sorrir, de chorar e aprender; autopunição; costumam se tornar pessoas agressivas, depressivas, monótonas e sem graça.
Isso mesmo e pra quem não está entendendo, fácil? Quantos já precisaram uma cena bem típica de um jovem querendo se matar? Quem nunca viu a mídia abafar casos de suicídio?!  Pois bem, esconde da sociedade um erro dela própria, um crime que ela cometeu, um crime onde a vitima obtinha inimigos cruciais: mundo onde vive.
Radical não? Ver o fato nu e cru a sua frente? Mas é bem isso que acontece, a cada dia aumenta a depressão, aumenta suicídios, aumenta o radicalismo entre jovens, aumenta a anarquia e rebeliões, aumenta as doenças psíquicas onde nem mesmo os especialistas são capazes de tratar, afinal como um “doente” pode tratar de um paciente?! Complicado, ou talvez não.
Somos vitimas de uma sociedade encoberta de hipocrisia, de desamor a vida, uma sociedade sem sonhos, sem vontades, uma sociedade em preto e branco sem graça; vitimas de ditaduras, de limites; vitimas de mentes incultas; vitimas de iludidos.
Esquecem que o essencial da vida é obter personalidade, obter sonhos fazer germinar a semente de ser vivo, a semente de ter alma, sentimentos e um caminho inteiro pela frente; esquecem que sofrer, sorrir, chorar faz da prioridade de serem humanos, de serem vivos.
Entristeço-me por saber que minuto a minuto alguém sofre por um julgamento fútil infundado, entristeço por saber que muitos têm sede de viver, mas medo de seguir seus sonhos e viver a sua maneira; mas alegro-me por também saber que nem tudo se perdeu que muitos encontram nesses caminhos tortuosos ensinamentos parecidos ao meu que aguçaram sua vontade pela vida, a sua vontade de mostrar que ser diferente é saber viver, que sonhar é saber apreciar a vida e que nossas sementes são capazes de gerar frutos que saciam a fome de muitos a nossa volta.
Se puderes fazer alguém sorrir agora, não limite-se pela vergonha, pelo medo de ti vaiarem, vaias fazem parte de um show e elas amanhã poderão se tornar em aplausos calorosos; alguém nesse mundo, ao seu lado, pode estar esperando somente um ‘fruto’ seu para que a vida se reacenda e a vontade não cesse dentro do seu peito, então não limite-se em fazer o bem seja pra quem for um sorriso ofertado hoje pode ser uma vida resgata da escuridão amanhã; sua alma se alegrará.

“. Pra que tanta hipocrisia?
Somos um ou somos nada
Fomos feitos para amar
E não para matar
Pra que tanta hipocrisia?
Desigualdade é uma mentira
Eu sou feito de você…”

[Verdade – Hóri]

“… Sonho que sejam andarilhos nas vielas de seu próprio ser. Percorram territórios que poucos intelectuais se arriscaram a explorar. Não sigam mapa nem bússola. Procurem-se, percam-se. Façam de cada dia um novo capítulo, de cada curva uma nova história…”

[O vendedor de Sonhos – E a revolução dos anônimos. Augusto Cury]

Anúncios

11 thoughts on “Não seja mais um deles, salve-se!”

  1. Meus olhos estão cheios de lágrimas, isso mesmo garota Beki, esse texto mega real, do que alguns de nós passamos na vida, a falta de respeito com o sentimento alheio, a falta de fé no amor, muitos perguntam sim, pq aquela pessoa se matou, como ela teve cotagem de tirar a vida, mas qd aquela pessoa tinha vida, ela mal era escutada, todos ainda se perguntam pq Kurt, Layne e tantos outros cometeram suícido, eles tinham tudo então, pq? Pq talvez não fosse o dinheiro ou a fama que eles queriam, fosse algo muito mais simples, talvez que as pessoas não o julgassem, eles queriam compreensão, queriam apenas que o ouvissem em vez de rirem de suas roupas, ou seu cabelo, ou sei lá, qualquer tipo de atitude, fora do padrão. Pq eh isso que a sociedade quer de nós, ou seguimos seus padrões ou somos tratados como anormais. lindo mais uma vez Beki, parabéns ;*

  2. Enfim, a sociedade de hoje precisa aprender a viver de verdade! É o que ela deveria fazer após ter caído na própria armadilha.

    Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

  3. É bom saber que há pessoas capazes de compreender certos sentimentos e sensações alheios que às vezes são complicados até mesmo pra quem o sente ;/ Agradeço pelas palavras do seu comentário moça, mesmo =]

    O vendedor de sonhos está na minha lista de livros que quero ler há algum tempo ja, parece ser ótimo. Esse mundo…às vezes sinto vergonha de dizer que pertenço a ele.

  4. que perfeição de post! *-*
    demorei a vir aqui, mas eu estive ausente esses dias, Beki e quando chego vc tá com esse post mais que.. poxa, sem palavras, de boa.

    estamos precisando emsmo botar a boca no mundo e expor o que as pessoas realmente precisão ouvir pra acordar e passar a viver a vida de outra forma.

    e concordo que a grande culpada disso tudo seja antes de qualquer um, a propria sociedade, essse mundo capitalista onde cada um se preocupa apenas com si próprio. estamos perdendo cada vez mais o contato com o outro, o que faz com que fiquemos cada vez voltados apenas a nosso proprio mundo, nos excluindo muitas vezes de momentos unicos na nossa vida.

    eu tinha duvidas quando a ler ‘o vendedor de sonhos’, mas depois desse seu post nao tem como, tenho que comprar rs

    adorei mesmo, parabens, beijão!

  5. Acabei de chegar e nada mais gostoso que ler todo o carinho deixado. Foram dias mágicos, onde a natureza mostrou sua força dentro de nós. Cada um de vocês fazem a diferença, acreditem! Essa energia porreta é boa demais de sentir, minha gente. Sei que o recado é coletivo, mas a admiração por cada um é individual. Assim que organizar tudo, deixar tudo no ponto, retorno com mais calma no blog de cada um de vocês, viu? A correria impossibilita muita coisa, mas não tira de nós o querer bem que sentimos por todos.

    Beijo bem grandão!

    Rebeca

  6. Nos tornamos vítimas de uma sociedade sem Deus!
    Fico feliz que tenha gostado e aprendido alguma coisa bacana com o livro!

    Seu texto como sempre, melhor a cada palavra!
    Te amo!
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s