Todos.

Sou mais…

Vi estrelas se apagarem uma a uma; vi importâncias se diminuírem até virar pó; vi rostos sumirem para negar o que há de melhor. Perdi sonhos na estrada, rasguei fotos que amava, para restringir cada impulso de verdade existente em mim; procurei vestígios do meu significado nas suas vidas passadas, e me recoloquei ao lugar que me cedia conforto, por ainda ter migalhas, da sua presença vivas em mim.
Faiscavam essências de prazer, enobreciam o jardim a cada alvorecer; e nos impulsos de solidão matei uma a uma por falta de opção por saber que antes a dor de ver morrer, do que deixarem em mim cicatrizes incuráveis, faltas insaciáveis e nostalgias que exalavam perfume de decepção.
Feita de palavras, de sonhos que preenchem a necessidade de ser mais; feita de ilusões que desabam tempestades sem razões; feita de importâncias tão mínimas incapazes de preencher a vida de quem admira… Eu só queria ser essencial, importante, necessária e não um livro cheio de palavras boas e sorriso doce; aquela que escreve com a alma.
Do que adianta ser a melhor palavra na vida de muitos e se tornar necessárias só por um minuto? Sou mais; quero mais…

Anúncios

5 thoughts on “Sou mais…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s