Todos.

amo você.

… Hoje o que mais queria era que me faltassem palavras para descrever o quanto me faz falta, o quanto a saudade soa dentro de mim fazendo marcas. Queria que o vento não me trouxesse seu nome, que a lua não me mostrasse seu rosto e que nenhuma estrela me lembrasse daquela que vivíamos a observar juntos deitado na grama.
Queria que a falta de palavras se equivalesse ao tamanho do vazio que ecoa em mim na sua ausência; queria que soassem amargas para serem fieis ao que sinto verdadeiramente, mas meu ser é corroído por tudo aquilo que construímos até aqui, meu ser se compadece a nossa mágica, as nossas doces lembranças e me faz prisioneira das melhores palavras para referir a você.
O cansaço bate, as lágrimas caem e no meu travesseiro ficam gravadas todos os desejos e planos que fiz por nós, ficam pairando todos os sonhos não alcançados e todas as frustrações que me seguiram até aqui…
Às vezes penso que fui envolvida por algum feitiço, por ser assim tão intenso pra mim, mas me dói ao perceber que nesse ponto estou sozinha (mais uma vez), fragilizada.
Já não sei qual palavra alcançará o mais profundo da sua alma, não sei o quanto terei que pronunciar para que uma acaricie o seu rosto e ti faça me ver com outros olhos que não sejam esses de critica, de amizade…

Não sei até onde caminharemos lado a lado com você em outra estrada, já não sei até onde terei que me fazer fria, distante e sorrir ao me doer.
Queria que essa esperança tola se dissipasse do meu ser e me deixasse ver a realidade dilacerante, queria que essas minhas infantis lágrimas não caíssem por você e se transformasse em sorrisos por ter-me liberto dessa ilusão que anda minha vida.
Sumir com o que de você construí, apagar qualquer indicio que me deixei crer e conseguir seguir sem que nada me faça parar e chorar…
Hoje eu queria ter um tempo pra mim, enxergar meu ser, tirar as marcas me refazer… Hoje eu queria não amar, não sofrer, caminhar sem esperar algo acontecer. Hoje queria ser inteiramente dona de mim, mandar, compadecer, voltar atrás e seguir sem ter suas marcas me acompanhando, sem ter minha esperança me limitando em esperar-te.
Hoje talvez hoje eu precise enxergar que esse amor não existirá que me envolvi nas brumas e deixei meu coração vagar, longe da razão que era nossa história. Hoje talvez eu queira chorar ao máximo para poder sorrir ao ver que essa ilusão se esvaiu de mim. Hoje eu necessito ter as respostas concretas de que nada passará do que temos, do que viemos falando até aqui… Hoje eu preciso do meu coração inteiro, sem ter que implorar aos céus por você. Hoje eu necessito de mais… Necessito esquecer, que amo você.

Anúncios

5 thoughts on “amo você.”

  1. “Hoje eu queria não amar, não sofrer, caminhar sem esperar algo acontecer. Hoje queria ser inteiramente dona de mim”

    Eu preciso de alguem me ensina a retirar esse encanto !

    Mtu bom o texto !
    ^^

  2. Olá!
    Se o amor for verdadeiro dentro de você, não há como esquecer enquanto viver.
    O hoje, o amanhã e o depois, sempre virá a sua cabeça o que foi construido e destruido.
    Diga sempre: Hoje quero me amar! E não sofrer por quem não merece!

    Beijos e se cuide…

  3. “caminhar sem esperar algo acontecer.” quero isso também, ultimamente ando com umas esperanças tolas .-. enfim, o texto ta excelente como sempre! Por que foi que vc sumiu de lá? IEURAOIURIOUO aquele layout não faz muito tempo não, foi semana passada x)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s