Todos.

Despertar

  Só o fato de você se importar o mínimo com tudo que se passa aqui dentro já me faz sentir privilegiada, só de ofertar o melhor sorriso, a maior dedicação, os detalhes mais preciosos do seu dia. Só de me olhar com brilho nos olhos e em silêncio me dizer tudo. Só de querer mais e mais de um conhecimento que me faz bem, e por me fazer bem, faz de você inteiramente interessado.

A vida escolhe quem nos valoriza, quem iremos valorizar, e quem entra em nossa vida como meros merecedores do nosso melhor. A vida escolheu alguém de alma sensível, de coração forte, de jeito doce e gentil. Alguém que carrega consigo uma luz, um quê de diferencial essencial para me abster de qualquer coisa.
Depois de luas as palavras invadem minha mente num torrencial infinito, brilhante, caloroso. Depois de luas os detalhes me calam, me cegam me roubam me definem e tudo que me resta é admiração, tudo que me resta é silêncio, tudo que me sobra é seu olhar. Depois dizem, que a vida é engraçada, eu diria que ela é exata, numa exatidão inexplicavelmente avassaladora. Porque alego isso? Muito simples, nada é por acaso, nada vem sem sentido, sem legenda, sem explicação.   E foi bem assim que vi, quando no seu olhar entendi que agora era o necessário pra mim.
Acontece que sempre deixei ecoar aos infinitos do meu mundo (estritamente particular), que de nada precisava se obtivesse amor, um amor que inspirasse um amor que me indicasse por onde continuar a seguir, um amor que me fizesse de refém não me roubasse à liberdade de ser eu mesma e poder me definir ao meio ao caos que sempre vivi. Acontece que foi bem simples, foi bem natural como se houvesse mesmo uma escritura nas estrelas indicando que tivesse que ser assim, indicando que tinha que ser você, naquele dia, naquele momento, daquela forma, memorável.
Hoje me entendo, me respeito e sei bem que tudo que escrevo que registro são memórias são encontros e desencontros de uma alma que não se cansa, que não se corrói aos desastres da vida, e que permanece sublime e única, vagando contra temporais; temporais próprios, roubados, mas temporais que marcam uma vida, que deixam registros nessa história, os seus mínimos detalhes e se fazem únicos aqui. Entendo que é necessário, pro que sou, pro devo ser, pro que carrego em mim. Hoje entendo que não larguei esperanças pra trás, que não me largaram numa estrada fria e escura, que não tropecei por ser vitima, mas por ser escolhida, por ser firme e por saber que irei até o fim sem desistir de mim, sem esquecer de tudo, sem imaginar que no final tudo terminará em escuridão.
Acordei, o inverno talvez tenha passado, talvez ainda tenha deixado aqui seus últimos flocos de neve que irão derreter ao caminhar. Acordei depois de perceber que nada do que acrescentei em minha vida foi desnecessário, superficial, pelo contrário foi preciso. Acordei ao ver aquele olhar sobre o meu, me pedindo por algo que estava distante, me chamando por algo que meu coração havia negado. Acordei ao ver súplicas de alguém que esperava mais e que me via em outra dimensão, chorando feridas que na verdade cicatrizaram a muitas luas, mas que me deixaram presa em algo imensurável. Acordei ao ver que mananciais se tornaram gotículas no silêncio do seu olhar…

Anúncios

1 thought on “Despertar”

  1. Beki! Que saudade desses posts tão intensos e realistas, emocionantes, acompanhados por esse visual que passa serinidade, calma, o seu blog tem essa característica, pelo menos pra mim! Uma sensação de solidão, mas não do tipo que assusta, aquela solidão necessária que nos dá espaço pra refletir.
    Eu acredito naquelas pensamentos que dizem exatamente o que seu post diz, a gente passa por pedreiras mas no fim tudo isso serve pra alguma coisa. Aprendizado, esperança, força, mesmo os erros te conduzem a algum lugar, então é só desviar das armadilhas e deixar a vida conduzir 🙂 ;*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s