Todos.

Desconcertos, os baixos da vida

 Você já sentiu seu mundo desmoronar passo a passo numa rendição sem volta? Já percebeu como é escuro os olhares a sua volta e não soube como sair dali? – Você já construiu um mundo, quis refazer tudo e simplesmente não conseguiu?  Você já acordou e não reconheceu onde estava, porque estava e como estava ali ? Tudo parecia um pouco diferente, ou talvez tudo realmente não condizia com seu mundo habitual. 

 Acontece que foi bem assim, a vida que havia em mim desfazendo em prantos em tantos mal somados de mim. Na boca o gosto amargo o fracasso, nos olhos as lágrimas tão quentes tão gentis tão frequentes, incoerentes. Meu corpo dolorido, minha alma machucada, meus sonhos sumidos, minha alegria em falta.

Anúncios

2 thoughts on “Desconcertos, os baixos da vida”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s