Todos.

Soltas.

 E nessa trajetória louca, o começo de tudo, fica em encontrar meios que não me levem ao nosso final; que não nos levem a pontuar uma fase; que me encaminhe de novo pro breu. O principio de tudo, consiste em aonde estamos e se estamos juntos, persistindo e lutando com uma visão única, preservando o nosso direito de enxergar de maneiras diferentes, um único caminho. Paira no ar, incertezas e  muitas vezes até um certo medo do que virá pela frente, mas como muitos dizem ” atire a primeira pedra, quem nunca” temeu o que vinha pela estrada, que se recuou por medo do futuro, que se fechou só pra preservar o que ainda existe. 

 A coisa mais complicada da vida, são nós mesmo, nós seres humanos capazes de tudo, incapazes de qualquer coisa, fortes o suficiente para destruir uma nação e nos auto destruir. Nós seres humanos complexos, incompreendidos, perdidos no mundo, dentro de nós mesmo, no meio de tudo. Nós, as vezes loucos, ás vezes coerentes demais; racionais mas capazes de ficarmos cegos e tomados por qualquer sentimento um pouco mais forte. Nós, que agimos irracionalmente numa pane louca da nossa mente; mente essa capaz de nos confundir, iludir e nos fazer perder no meio de certezas e afirmações que á própria criou. Por complicações em complicações, nos tornamos vulneráveis hora ao que sentimos, hora ao que pensamos e por vezes em nossas atitudes. Nos tornamos facilmente reféns do que nos rodeia mesmo criando a ilusão de sermos bem capacitados o suficiente para nos defender, mas esquecemos sempre que temos que nos defender primeiramente do que domina e comanda, nós seres humanos, nosso cérebro. A coisa mais complicada que tem, é interagir, compreender; buscar compreensão e sairmos sempre ilesos de sermos machucados, agredidos ou qualquer outro meio que nos faça mal. A coisa mais complicada é estarmos sempre armados psicologicamente pra qualquer situação, qualquer imprevisto; é bem complicado conviver, no cru dessa palavra C O N V I V E R. Conviver conosco as vezes já é difícil, nos compreender e nos aceitar, imagina conviver em meio a muitos seres instáveis como nós, capazes de tudo a qualquer momento. Complexo.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s