Diário de Bordo, Todos.

Poder falar do dia-a-dia, mérito, de quem tem alguém para ouvir. Querer descrever um sentimento bom, uma sensação estonteante; por alguém que saiba definir. Demonstrar afeto, carinho, amargor, raiva, tristeza para qualquer olho atento observador. Tentar seguir, ficar em pé; naqueles pés doídos de caminhar. Ser, você mesma sem se condoer por inteira por se pegar mentindo, fingindo, atuando por aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s