Diário de Bordo

Não quero um sofrimento aberto, um café amargo todos os dias, um sorriso ausente. Não quero desperdiçar lágrimas, nem sorrisos, nem uma gota de suor ao lutar. Quero a sensação de algo bem feito, de um amor no peito sem queixas à esbravejar. Não quero as discussões sem fim, os lamentos, a saudade do que já fomos. Quero os sonhos do que podemos ser, aonde podemos ir, e pelo o que poderemos lutar. Quero amar. Não quero as cobranças, não quero sentir falta, não quero a dúvida. Quero mais certezas, mais alegrias, mais doçuras de nós dois.

BekiGirl

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s