Balelas, Diário de Bordo, Todos.

Pesadelo I

“It burns into your heart the darkness that you fear
You were never free and you never realized
And love is a word you’ve never heard
Your heart ain’t cold cause it burns
The desire to leave the mind..” ♪

(And We Run – Within Temptation)

Você anda sempre tão cheio de tudo, nenhum sorriso lhe sorri mais. Você anda tão sobressaltado, pesadelosque nenhum brilho você repara mais. A vida anda numa corrida sem volta, e você é incapaz de olhar a beleza de qualquer coisa à sua volta. A tristeza é tão sua companheira que dói o coração até mesmo do mais amargurado dos seres.
Seus sonhos, são seus únicos amigos, porque nem seus piores inimigos quiseram fazer parte. Sua vida é tão fechada, tão trancada que nem a luz do dia é visita bem-vinda. Se faz breu, o breu da cor dos seus olhos e o medo que convém, é todo meu.  Seus dias foram tão resumidos em você, que você se esqueceu de incluir quem mais quis bem. Ignora tudo ao seu redor pro bem que só você enxerga, o bem de ti fazer mal. Consome seus dias em viver sozinho, largado, amargurado e a vida que quis bater a sua porta você chutou estrada a fora, cego pelos pesadelos que entorpecem sua alma, perdida. Perdida estou, sem poder demonstrar o quão pesadelo você se tornou ao me visitar.

 

BekiGirl

Anúncios

1 thought on “Pesadelo I”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s