Balelas, Diário de Bordo, Todos.

Pesadelo I

“It burns into your heart the darkness that you fear
You were never free and you never realized
And love is a word you’ve never heard
Your heart ain’t cold cause it burns
The desire to leave the mind..” ♪

(And We Run – Within Temptation)

Você anda sempre tão cheio de tudo, nenhum sorriso lhe sorri mais. Você anda tão sobressaltado, pesadelosque nenhum brilho você repara mais. A vida anda numa corrida sem volta, e você é incapaz de olhar a beleza de qualquer coisa à sua volta. A tristeza é tão sua companheira que dói o coração até mesmo do mais amargurado dos seres.
Seus sonhos, são seus únicos amigos, porque nem seus piores inimigos quiseram fazer parte. Sua vida é tão fechada, tão trancada que nem a luz do dia é visita bem-vinda. Se faz breu, o breu da cor dos seus olhos e o medo que convém, é todo meu.  Seus dias foram tão resumidos em você, que você se esqueceu de incluir quem mais quis bem. Ignora tudo ao seu redor pro bem que só você enxerga, o bem de ti fazer mal. Consome seus dias em viver sozinho, largado, amargurado e a vida que quis bater a sua porta você chutou estrada a fora, cego pelos pesadelos que entorpecem sua alma, perdida. Perdida estou, sem poder demonstrar o quão pesadelo você se tornou ao me visitar.

 

BekiGirl

Anúncios

Um comentário em “Pesadelo I”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s