Todos.

Pense em algo que ti doeu até os ossos, que ti deu calafrios, matou algo dentro de você. imagine uma tortura silenciosa, cálida e fria como a noite de inverno. Cogite uma morte lenta, dolorosa, insana e aproxime ao estado que a mente dela se encontra, cogite entrar nesse mundo, nessa verdadeira casa de terror, e descubra-se embebecido de veneno, amargor e tristeza. Bem vindos ao show de terror…

Sim, doeu – e ela ainda estava ali caída naquele cômodo vazio, naquele chão gelado sem se mover, sem piscar, sem sentir. O ar abafado ao redor como em um lugar fechado a muito tempo; frestas do sol tentavam invadir por todos os cantos daquela janela empoeirada, fechada, coberta… Ao redor, cacos de vidro, páginas em branco, livros esquecidos, palavras soltas, pensamento sórdidos. e um tique-taque que se aproximava insistentemente á batidas de um coração sôfrego pelo pior. Aconteceu de tudo, brigas, lamúrias, perdas, pedidos insistentes, e procurar insaciáveis que a levaram á um breu sem fim, o pior breu que poderia existir, o da alma perdida, cansada, inconsolável. Incontestavelmente algo se quebrou; o sorriso, o olhar, os pensamentos bons, os elos construídos; algo irrecuperável se quebrou, a esperança. Todos esperam um novo amor, uma amizade, um abraço quente, um toque gentil, uma admiração declarada; todos esperam realizações de sonhos, planos e projetos em prática, mas ela? – Continua ali deitada naquele chão frio esperando somente uma coisa: a morte. As cicatrizes permanecem intactas, ardidas cada passo mais; muitas vezes pra lembra-la de que estão ali,  a espreita para sangrarem novamente; os pensamentos entram pra dentro da sua insanidade como um monstro feroz insaciável e ensandecido por um gole mais do seu desespero cálido, e sua morbidez é declarada as quatro paredes que lhe cercam, ou talvez a sua mente que novamente lhe prega uma peça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s